Artrose de Quadril

10 de outubro de 2018 by Jean Lucas0
2018-10-09-3.jpg

Conforme vamos envelhecendo, é comum que nosso corpo vá perdendo sua vitalidade e sua força. Dessa forma, nossas articulações também são prejudicados e se não tivermos nenhum tipo de cuidado e não tomarmos atitudes de prevenção, sérias lesões e dores podem surgir, como a artrose de quadril, que é um desgaste na articulação capaz de causar dores intensas. Simples atividades durante o dia a dia podem causar um desconforto grande em pessoas que sofrem da artrose de quadril.

A artrose de quadril pode ser chamada também de osteoartrose ou coxartrose. Ela causa a degeneração das cartilagens. É mais comum em pessoas a partir dos 45 anos, mas também pode afetar pessoas mais jovens, que fazem muito uso da região do quadril, como atletas. Esse desgaste acontece na maioria das vezes no quadril devido o fato de ser uma região que sustenta boa parte de nosso corpo e que está em constante movimentação. No entanto, a artrose de quadril não é a única doença que pode atingir a região. Conheça mais das outras doenças e seus sintomas.

Como saber que sofro de artrose de quadril?

A artrose de quadril pode ser detectada através de alguns sintomas que são comuns em pessoas que sofrem dessa doença:

  • Dor intensa no quadril que piora ao andar, ficar sentado por longos períodos de tempo e ao deitar de lado sobre a articulação afetada;
  • Sensação de dormência e/ou formigamento nas pernas;
  • Dor e queimação na panturrilha (batata da perna);
  • Sensação de areia ao mexer a articulação;
  • Dificuldade em mexer as pernas pela manhã;
  • Andar mancando e ter a necessidade de uso de bengalas;
  • Dificuldade em cortar as unhas dos pés;
  • Dificuldade em calçar as meias e amarrar os sapatos;
  • Dificuldade em levantar de lugares que sejam mais baixos.

Se você apresenta um ou mais sintomas desses citados acima, é importante que procure por ajuda especializada o mais rápido possível, para que o devido tratamento possa começar a ser feito. Quanto mais cedo a artrose de quadril começar a ser tratada, maior a chance de estabilização e de diminuição da necessidade de intervenção cirúrgica. A doença não escolhe idade, mesmo que seja mais comum em pessoas com uma idade mais avançada, jovens podem apresentar sintomas de artrose de quadril, principalmente os que praticam esportes, como corrida e levantamento de peso, pois são práticas que podem causar traumatismos locais.

Existe tratamento para a artrose de quadril?

Sim, o tratamento existe e reforçamos, caso você sofra com algum dos sintomas que foram citados, procure de imediato ajuda especializada e agende sua consulta. No entanto, é importante que você conheça um pouco dos tratamentos necessários para impedir a progressão da artrose de quadril e até mesmo formas de prevenir a doença.

Primeiro, é importante dizer que a prática de exercícios físicos podem ajudar e muito a prevenção da artrose de quadril. Contudo, esses exercícios devem ser equilibrados, pois o exagero pode na verdade agravar o quadro, então lembre-se de praticar exercícios, mas com equilíbrio. Agora, se o seu quadro já estiver confirmado, pequenas mudanças de hábito podem fazer toda diferença em seu dia a dia para o alívio de dores e retardação da piora da artrose de quadril. Diminuir a frequência e intensidade da atividade física, ter o auxílio de algo para andar e ajudar na distribuição de peso, isso são práticas que podem ajudar no dia a dia.

Fazer o uso de medicação também é um fator que pode ajudar a diminuição das dores. Medicamentos como analgésicos e anti-inflamatórios são indicados, mas tudo com a prescrição médica. Fazer o uso de medicamentos sem o acompanhamento médico pode agravar seu quadro, então antes de se medicar, procure um especialista que irá receitar o remédio e a quantidade certa do mesmo.

A fisioterapia também é algo que pode ajudar e muito o quadro da artrose de quadril. Aparelhos que aliviam a dor, massagens, bolsas térmicas, tração manual e exercícios que melhoram a amplitude, lubrificação e função da articulação afetada, são coisas que ajudam no tratamento contra a doença. Sempre acompanhado de um profissional, para que tudo seja feito da forma e intensidade correta, para que o quadro não se agrave.

Exercícios como a hidroginástica, bicicleta e pilates ou qualquer outro exercício que não piore as dores, são altamente recomendáveis e são importantes para fortalecer a musculatura e proteger as articulações do corpo. É importante consultar o especialista que cuida de seu caso antes de começar a prática de qualquer exercício, para saber o que é recomendável e o que pode ser mais efetivo.

Em últimos casos, nós temos a intervenção cirúrgica, que só é feita quando nenhum dos outros tratamentos foi capaz de sanar as dores do paciente. A cirurgia consiste em tirar a cartilagem danificada, parcial ou completamente, e em alguns casos, substituir por próteses de quadril. Após a cirurgia é necessário seguir as recomendações médicas de repouso e limitação de movimentos à risca, para que a recuperação possa ser tranquila e para que o objetivo da cirurgia seja alcançado.

A pergunta de quando recorrer a cirurgia não deve ser respondida exclusivamente por um médico. O próprio paciente sabe o limite da dor, da falta de movimentos e o quanto isso o está prejudicando no dia a dia. É o depoimento do paciente, aliado à avaliação rigorosa de um ortopedista que irá atestar se não há nenhuma outra medida viável além da intervenção cirúrgica. Em caso de sintomas parecidos com os descritos acima, agende agora mesmo uma consulta com o Dr. Rodrigo Monari, que é especialista em artroplastia de quadril. Assim você pode ser atendido o mais rápido possível, evitando maiores consequências a sua qualidade de vida.

Se ainda tiver alguma dúvida, você pode ver as perguntas frequentes que são feitas sobre o assunto. Dessa forma você pode se ajudar e ajudar outras pessoas que sofrem da artrose de quadril.


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

15 − 10 =


Endereço

Dr. Rodrigo Monari
Rua Berta Odebrecht, 66 – Sala 1301
Garcia – Blumenau/SC

Fale conosco

WhatsApp:
(47) 99645-0003

Telefone:
(47) 3041-2425

E-mail:
clinica.monari@gmail.com

Artigos recentes

Dr. Rodrigo Monari CRM: 10849 – S.C - Ortopedista e Traumatologista Especializado em Cirurgia de Artrose do Quadril - Blumenau SC